Toda força será fraca, se não estiver unida. (La Fontaine)

Notcias

Recuperandos da APAC masculina realizam curso de panificao

Os recuperandos da Associao de Proteo e Assistncia aos Condenados APAC masculina em parceria com o Instituto Minas pela Paz realizaram na entidade o curso de panificao. As aulas tiveram incio em 19 de janeiro e terminaram em 18 de fevereiro.

O curso ministrado pela instrutora de padaria, panificao e confeitaria, Michelle Cardoso, teve como objetivo ensinar aos alunos todas as etapas de produo de vrias receitas at o produto final, como pizzas, pes, biscoitos, rocamboles, dentre outros, alm de qualific-los para o mercado de trabalho.

Ao todo 18 recuperandos receberam os certificados do curso de panificao em cerimnia realizada no dia 18 de fevereiro, s 10h30, onde familiares e amigos tambm puderam prestigia-los.

Pes feitos pelos recuperandos durante as aulas do curso

Curso para Formao de Voluntrios APAC 2013

O voluntrio figura indispensvel para a aplicao exitosa da metodologia apaqueana. O primeiro elemento do mtodo, a participao da comunidade, pede que a parcela da sociedade que se identifica com essa obra auxilie diretamente na execuo penal para que o recuperando reintegre gradativamente a sociedade, sentindo-se acolhido desde a fase de recolhimento ao Centro de Reintegrao Social CRS.

Anualmente realizado nas APACs de todo o Brasil um curso para a formao de voluntrios. Esse curso tem por finalidade preparar o voluntrio para que ele consiga transmitir ao recuperando a imagem de um amigo que chega quando todos j foram embora. Os voluntrios recm-formados podero trabalhar em diversas reas dentro ou fora da APAC.

O curso tem durao de trs meses e encerrou-se no ltimo sbado dia 08 de junho . Gostaramos de agradecer a presena de todos os nossos novos voluntrios e deixar nossas boas vindas aos amigos de mesmo ideal Cristo.

Estamos Juntos!

Intercmbio cultural entre as APACs


A APAC de Itana teve a feliz oportunidade de oferecer a educadores sociais de alguns setores uma visita APAC de Pouso Alegre objetivando aprimorar-se no desempenho e manuteno de suas oficinas, quesito merecedor de bons elogios APAC anfitri.

Na Quinta feira 06 de Junho, a Presidente da APAC Ktia Regina Dias pde acompanhar de perto as descobertas que os apaqueanos itaunenses faziam para nos solidificar no vasto campo de oficinas dos mais variados trabalhos laborterpicos ou profissionalizantes.

Maria Antonia Arajo -Encarregada de Oficinas, Cleubert Gualberto - Encarregado de Segurana e Regiane Aparecida - Inspetora de Segurana, voltam para casa ansiosos para colocar em prtica as experincias adquiridas.

Embora tenhamos viajado com o foco voltado para as oficinas, nossas experincias foram muito mais ricas, entrando tambm em outras reas nas quais tivemos agradveis surpresas. Diz a Presidente da APAC de Itana.

esse esprito de fraternidade que torna as APACs um exemplo aos nossos recuperandos de harmonia e sociedade.


Muros e Viola


Leia mais...

Oficina de pintura em leo

sobre tela


Leia mais...

Formatura dos alunos do Curso EJA


Leia mais...

Festa em Honra a Santa Luzia


Leia mais...

JORNADA DE LIBERTAO COM CRISTO


Leia mais...

Horto

A APAC de Itana esta elaborando um projeto juntamente com a biloga Caroline Silveira e Silva (CRBio 37039/04) para implantao do viveiro de mudas, denominado horto.

O projeto comeou a ser realizado em setembro de 2012, com a construo do barraco de servios gerais e plataforma de produo.

Conter tambm uma estufa com sementeiras, um barraco de climatizao e plataforma de produo.

O intuito deste projeto desenolver atividades para os recuperandos, evitando assim o cio, profissionalizando e gerando renda.

Todo o trabalho ser realizado pelos prprios recuperandos.

Insta salientar que hoje o horto consta com cerca de mil mudas de sanso do campo e produzir mudas nativas, ornamentais, frutiferas e exticas para venda.

Para mais informaes ou adquirir mudas, ligue (37)3243-1737.

NOVO LIVRO DE MRIO OTTOBONI


Leia mais...

PALESTRA SOBRE O PROJETO

RVORE SICMORO


Leia mais...

VISITA DE COMISSO ARGENTINA


Leia mais...

FORMATURA DOS VOLUNTRIOS


Leia mais...

DIA DE VACINAO


Leia mais...

VISITA DE DELEGAO DO CHILE


Leia mais...

Agenda APAC Itana

Templates Joomla 1.5

SlideShow

  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show

APAC Itauna

Recuperandos da APAC masculina realizam curso de panificao

Os recuperandos da Associao de Proteo e Assistncia aos Condenados APAC masculina em parceria com o Instituto Minas pela Paz realizaram na entidade o curso de panificao. As aulas tiveram incio em 19 de janeiro e terminaram em 18 de fevereiro.

O curso ministrado pela instrutora de padaria, panificao e confeitaria, Michelle Cardoso, teve como objetivo ensinar aos alunos todas as etapas de produo de vrias receitas at o produto final, como pizzas, pes, biscoitos, rocamboles, dentre outros, alm de qualific-los para o mercado de trabalho.

Ao todo 18 recuperandos receberam os certificados do curso de panificao em cerimnia realizada no dia 18 de fevereiro, s 10h30, onde familiares e amigos tambm puderam prestigia-los.

Pes feitos pelos recuperandos durante as aulas do curso

 

Mais uma vez a APAC de Itana abre suas portas para visitantes de outro estado.

A procura por uma nova imagem no sistema carcerrio aumenta cada dia mais conforme os responsveis por setores envolvidos na execuo penal percebem nesta obra a oferta mais vivel para a obteno de um novo quadro tendo a sociedade como beneficiado.

A comitiva de gachos se emocionou muito no regime fechado da APAC, aps serem abenoados em forma de cano pelos recuperandos houve grande troca de incentivos, ambas as partes desejando que aquele estado seja sede de um CRS em breve.

 

Reconhecidas em diversos pases como a melhor alternativa para solucionar o caos que se instalou ao longo dos anos no sistema carcerrio convencional, as APACs vm sendo tema de diversos estudos nas mais inusitadas reas, de socilogos e operadores do direito a arquitetos e economistas, enfim, todos querem entender o que a cidade de Itana/MG tenta mostrar ao mundo.

Esse presdio alternativo tem uma maneira curiosa de explicar suas estatsticas:

Ns apenas cumprimos rigorosamente a lei, isso faz com que nos tornemos uma exceo quando nossa maneira de pensar e agir deveriam ser exatamente a regra.

Esse o discurso bsico que todos os apaqueanos tm na ponta da lngua, resposta simples tanto quanto a de um recuperando que ao ser sondado do motivo pelo qual no ia embora dessa priso sem polcia, disse ele calma e seguramente: Do amor ningum foge!

Gerir essas unidades que embora muitas das vezes simples fisicamente no tarefa fcil, a complexidade est em lidar com vidas. E vidas que maioria das vezes no tem mais sentido; como fazer com que uma pessoa que pensa no ter nada a perder se arrependa de seus crimes e torne-se um cidado de bem? Como oferecer condies para que todos se recuperem, tratar todos os recuperandos com igualdade e ao mesmo tempo constatar as necessidades de individualizao da pena?

So perguntas como essa que fazem com que durante toda essa semana de 17 a 21 de Junho, representantes de APACs de todo o Brasil estejam reunidos em Itana para o VIII Curso de Formao de Gestores e Multiplicadores do Mtodo APAC.

Esse curso tem por objetivo preparar, capacitar e incentivar aqueles que por um motivo ou outro decidiram trabalhar nesta obra, muitas das vezes voluntariamente.

 

Curso para Formao de Voluntrios APAC 2013

O voluntrio figura indispensvel para a aplicao exitosa da metodologia apaqueana. O primeiro elemento do mtodo, a participao da comunidade, pede que a parcela da sociedade que se identifica com essa obra auxilie diretamente na execuo penal para que o recuperando reintegre gradativamente a sociedade, sentindo-se acolhido desde a fase de recolhimento ao Centro de Reintegrao Social CRS.

Anualmente realizado nas APACs de todo o Brasil um curso para a formao de voluntrios. Esse curso tem por finalidade preparar o voluntrio para que ele consiga transmitir ao recuperando a imagem de um amigo que chega quando todos j foram embora. Os voluntrios recm-formados podero trabalhar em diversas reas dentro ou fora da APAC.

O curso tem durao de trs meses e encerrou-se no ltimo sbado dia 08 de junho . Gostaramos de agradecer a presena de todos os nossos novos voluntrios e deixar nossas boas vindas aos amigos de mesmo ideal Cristo.

Estamos Juntos!

 

Intercmbio cultural entre as APACs


A APAC de Itana teve a feliz oportunidade de oferecer a educadores sociais de alguns setores uma visita APAC de Pouso Alegre objetivando aprimorar-se no desempenho e manuteno de suas oficinas, quesito merecedor de bons elogios APAC anfitri.

Na Quinta feira 06 de Junho, a Presidente da APAC Ktia Regina Dias pde acompanhar de perto as descobertas que os apaqueanos itaunenses faziam para nos solidificar no vasto campo de oficinas dos mais variados trabalhos laborterpicos ou profissionalizantes.

Maria Antonia Arajo -Encarregada de Oficinas, Cleubert Gualberto - Encarregado de Segurana e Regiane Aparecida - Inspetora de Segurana, voltam para casa ansiosos para colocar em prtica as experincias adquiridas.

Embora tenhamos viajado com o foco voltado para as oficinas, nossas experincias foram muito mais ricas, entrando tambm em outras reas nas quais tivemos agradveis surpresas. Diz a Presidente da APAC de Itana.

esse esprito de fraternidade que torna as APACs um exemplo aos nossos recuperandos de harmonia e sociedade.


 

BEM VINDO !

Sentimo-nos felizes em receber sua visita.

Aqui voc poder navegar e conhecer melhor o mtodo da APAC, como o funcionamento e o desenvolvimento das atividades dos recuperandos, saber porque o mtodo hoje acolhido internacionalmente e tem sido reconhecido como eficaz na recuperao de condenados.

Poder conhecer os princpios, que com o auxlio dos irmos empenhados em realizar a obra Crist, do amor, da esperana, da mudana e acima de tudo cumprindo fielmente com a lei de execuo penal sobre os direitos e deveres dos condenados.

Alm disso, voc poder se inteirar sobre os eventos e ficar por dentro de como se tornar um parceiro e voluntrio nessa obra de Deus.

   

EDITAL DE CONTRATAO DE FUNCIONRIOS

APAC Masculina - Itana/MG

006/2013

A APAC Associao de Proteo e Assistncia aos Condenados, no uso de suas atribuies, com fim de contratar funcionrios para compor seu Quadro Funcional, promove seleo simplificada - Edital 006/2013 nos termos seguintes:

FUNDAMENTAO LEGAL:

CLT, Resoluo n 1373/2013 da Secretaria de Estado de Defesa Social - MG e procedimento anlogo Lei 8.666/93.

1. DO OBJETO:

1.1 O objeto da presente processo simplificado a contratao de empregados por prazo indeterminado, conforme especificaes e condies gerais contidas neste Edital.

2. DOS CARGOS E VAGAS:

CARGO

VAGAS

REGIME DE TRABALHO

Condutor de Segurana e Administrativo

Estagirio (a) Administrao de Empresas

Estagirio (a) Direito

Inspetor de Segurana Diurno

01

01

01

01

44 horas semanais

30 horas semanais

30 horas semanais

44 horas semanais

3. DESCRIO DOS CARGOS E REQUISITOS BSICOS:

3.1 Condutor de Segurana e Administrativo

ESCOLARIDADE:

  • Ensino Mdio Completo.

ATRIBUIES E TAREFAS:

  • Participar semanalmente da reunio administrativa;
  • Escoltas dos recuperandos (mdico, dentista, Frum e etc.);
  • Viagens;
  • Transportes de funcionrios e/ ou voluntrios;
  • Assistncias nos plantes, quando necessrio;
  • Colaborao em cursos diversos na entidade;
  • Manuteno dos veculos;
  • Atendimento ao setor administrativo;
  • Transportar documentao;
  • Fazer compras e pagamentos em situaes eventuais, quando solicitado pela tesouraria.

REQUISITOS:

  • Ter habilitao para dirigir;
  • Ter conhecimento das normas de trnsito das normas de trnsito e dos cuidados bsicos de manuteno de veculos;
  • Habilidade de comunicao e de relacionamento interpessoal;
  • Facilidade para trabalhar em equipe;
  • Capacidade de ateno e de concentrao;
  • Ser pontual disciplinado e prestativo.

3.2 Estagirio (a) Administrao de Empresas

ESCOLARIDADE:

  • Preferencialmente cursando o 3 perodo do curso de Administrao de Empresas ou reas afins de nvel superior ou tcnico.

ATRIBUIES E TAREFAS:

  • Participar semanalmente da reunio administrativas;
  • Atuar na rea de conhecimento para qual foi contratado, assumindo o mximo de tarefas pertinentes rea, sob a orientao e fiscalizao do responsvel tcnico j graduado;

REQUISITOS:

  • Conhecimentos de Informtica;
  • Conhecimento do mtodo APAC;
  • Conhecimento tcnico na rea em que atua;
  • Habilidade de comunicao e de relacionamento interpessoal;
  • Facilidade para trabalhar em equipe;
  • Capacidade de organizao, concentrao;
  • Criatividade;
  • Digitao;
  • Atendimento ao pblico;
  • Disponibilidade para constante estudo e atualizao para rea de conhecimento que atua.

3.3 Estagirio (a) Direito

ESCOLARIDADE:

  • Preferencialmente cursando o 3 perodo do curso de Direito.

ATRIBUIES E TAREFAS:

  • Participar semanalmente da reunio administrativas;
  • Atuar na rea de conhecimento para qual foi contratado, assumindo o mximo de tarefas pertinentes rea, sob a orientao e fiscalizao do responsvel tcnico j graduado;

REQUISITOS:

  • Conhecimentos de Informtica;
  • Conhecimento do mtodo APAC;
  • Conhecimento tcnico na rea em que atua;
  • Habilidade de comunicao e de relacionamento interpessoal;
  • Facilidade para trabalhar em equipe;
  • Capacidade de organizao, concentrao;
  • Criatividade;
  • Digitao;
  • Atendimento ao pblico;
  • Disponibilidade para constante estudo e atualizao para rea de conhecimento que atua.

3.4 Inspetor de Segurana Diurno

ESCOLARIDADE:

  • Ensino Mdio Completo.

ATIVIDADES:

  • Participar semanalmente da reunio administrativa;
  • Receber novos recuperandos, quando a chegada ocorrer em perodo diurno, e encaminh-lo ao regime para a qual a transferncia foi autorizada;
  • Fazer chamada dos recuperandos nos trs regimes no horrio previamente estabelecido;
  • Participar das oraes, supervisionar a participao dos recuperandos;
  • Supervisionar a entrada e sada de visitantes;
  • Conferir quadro de chaves;
  • Verificar relatrio (livro de ocorrncias);
  • Fazer vistoria geral nos trs regimes;
  • Realizar em cada turno a conferncia da grade dos recuperandos (presena);
  • Solicitar as escoltas de emergncia;
  • Efetuar ronda interna e externa;
  • Cuidar da disciplina dos recuperandos;
  • Liberar os recuperandos do semiaberto para as oficinas;
  • Realizar vistorias dos trs regimes;
  • Vistoriar a parte externa do prdio;
  • Ficar atento aos chamados externos;
  • Fiscalizar e monitorar a passagem do almoo para o regime fechado;
  • Fiscalizar e monitorar a recolha das panelas do regime fechado;
  • Verificar a limpeza dos trs regimes;
  • Verificar o trabalho dos recuperandos no CRS;
  • Entregar correspondncias e encomendas externas destinadas aos recuperandos;
  • Revistar materiais que chegam para os recuperandos;
  • Receber as esposas para visita ntima;
  • Fazer relatrio do planto;
  • Passar as chaves para o inspetor de segurana da noite;
  • Realizar eventualmente o bater grades das celas de todos os regimes;
  • Participar do procedimento de revista dos regimes (pente fino, bater grades) sempre que convocado;
  • Preencher diariamente o check-list de atividades referentes ao planto;
  • Comunicar faltas disciplinares ao Encarregado de Segurana;
  • Utilizar o bafmetro em recuperandos dos trs regimes, quando necessrio;
  • Realizar revista pessoal nos recuperandos dos trs regimes quando necessrio.

REQUISITOS:

  • Conhecimento do mtodo APAC;
  • Capacidade de comunicao e relacionamento interpessoal;
  • Capacidade de ateno e de concentrao
  • Ser honesto;
  • Ter bom carter;
  • Gostar do que faz;
  • Habilidade de comunicao e de relacionamento interpessoal;
  • Ter discernimento para ouvir sem tomar decises precipitadas;
  • Ter firmeza e no demonstrar medo para tomar decises;
  • Saber ser amigo, mas colocando os devidos limites.

4. DO REGIME JURDICO DOS CARGOS:

4.1 O regime jurdico do quadro de pessoal constante no item 02 deste edital, sob o qual sero contratados os candidatos aprovados por esta Seleo Simplificada, ser o da Consolidao das Leis Trabalhistas CLT e Lei 11.778 de 25 de setembro de 2008 (Lei do Estagirio). Esse regime no envolve, em qualquer hiptese, a estabilidade prevista no Art. 41, da Constituio Federal.

4.2 Os contratos de trabalho sero por prazo indeterminado;

O candidato selecionado e convocado na forma do item 6.6, dever apresentar-se na sede da APAC (Associao de Proteo e Assistncia aos Condenados), situada Avenida Joo Moreira de Carvalho 1336, B. Parque Jardim Santanense - CEP: 35.681-100 para assinatura do contrato, munido das cpias e originais dos seguintes documentos:

4.2.1 Carteira de Trabalho e Previdncia Social;

4.2.2 Carteira de Identidade;

4.2.3 CPF;

4.2.4 Comprovante de Endereo;

4.2.5 Cpia autenticada da CNH - Carteira Nacional de Habilitao;

4.2.6 Comprovante de conta bancria, com indicao do nmero, agncia e banco;

4.2.7 Copia de Histrico escolar;

4.2.8 Cpia de certificados e/ou diplomas dos cursos declarados no Currculo;

4.2.9 Documento comprobatrio de que est em dia com o Servio Militar (se do sexo masculino);

4.2.10 Declarao do TER (Tribunal Regional Eleitoral) de que est em dia com as obrigaes resultantes da legislao eleitoral.

4.2.11 Atestado de bons antecedentes criminais (Policia Civil e Frum).

4.3 A no apresentao de qualquer dos documentos exigidos no item anterior ensejar na convocao do candidato subsequente, na forma do item 6.8. Caso a ausncia no seja sanada no prazo de 02 (dois) dias teis.

5. ELEMENTOS DISPONVEIS PARA EXECUO DOS SERVIOS:

5.1 Os candidatos selecionados e contratados atuaro em conjunto com a APAC, dispondo de condies necessrias para o desenvolvimento das atividades, especialmente:

5.1.1 Computador e impressora para o processamento e anlise dos dados e trabalhos contratados, dentro da sede da APAC;

5.1.2 Material de consumo e de escritrio, ferramentas e equipamentos, veculos necessrios para desenvolvimento de atividades dentro e fora da sede da APAC;

5.1.3 Apoio logstico;

5.1.4 Sistema de Vigilncia externa.

6. PROCESSO DE SELEO:

6.1 O processo de seleo ser baseado nas seguintes etapas:

6.1.1 Anlise curricular, consubstanciada na qualificao tcnica, experincia profissional e trabalhos sociais;

6.1.2 Avaliao psicolgica realizados na sede da APAC, situada Avenida Joo Moreira de Carvalho 1336 Bairro Parque Jardim Santanense - Itana/MG. CEP 35681-100.

6.1.3 Entrevista.

6.2 Para se inscrever, o interessado dever encaminhar currculo e portflio, at o dia 21 de Junho de 2013, para o seguinte endereo: APAC -situada Avenida Joo Moreira de Carvalho, n 1.336 - Bairro Parque Jardim Santanense - Itana/MG CEP: 35681-100.

6.3 Os currculos tambm podero ser encaminhados at o ltimo dia do prazo de inscrio, por meio eletrnico, para o seguinte endereo: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. com mensagem sob o ttulo: Edital de Contratao de funcionrios APAC Itana/MG 006/2013 E a nomenclatura do cargo pretendido.

6.4 A convocao dos candidatos selecionados para participarem do processo seletivo, bem como para contratao far-se- atravs de contato telefnico ou por e-mail, conforme dados fornecidos no currculo do candidato.

6.5 A convocao dos candidatos selecionados e o incio dos trabalhos ocorrero de acordo com a disponibilidade de vagas na APAC, ficando facultado prpria APAC cancelar o edital simplificado a qualquer tempo.

6.6 Aps a convocao, o candidato ter um prazo de 05 (cinco) dias para apresentar-se para contratao.

6.7 A no apresentao do candidato convocado no local e data indicados neste Edital ensejar o chamamento do candidato selecionado e classificado na posio subsequente, o qual dever apresentar-se, no prazo de 05 (cinco) dias da convocao, no mesmo local, munido dos documentos exigidos.

6.8 Os ttulos de todo o candidato convocado, quando assim exigidos, devero ser comprovados no ato da contratao, bem como os demais dados e informaes descritos neste Edital.

6.9 A ausncia da comprovao de que trata o item anterior, ensejar a desclassificao automtica do candidato e o chamamento imediato do candidato selecionado e classificado na posio subsequente.

7. SELEO:

5

6

7

7.1 Comisso de Seleo: composta por 03 (trs) pessoas atuantes na rea tcnica da APAC.

7.2 Anlise de currculo: 24 de Junho de 2013.

7.3 Avaliao psicolgica: 25 de Junho de 2013 mediante convocao, na sede da APAC, s 07:00 horas.

7.4 Entrevistas com membros da comisso e presidente da Entidade: 26 de Junho de 2013, mediante convocao, na sede da APAC, em horrio a ser definido. (eliminatrio).

7.5 PONTUAO DA SELEO

7.5.1 A anlise do currculo ter a seguinte pontuao:

7.5.1.1 Tempo de experincia profissional e/ou trabalho voluntrio em rea semelhante sendo:

Acima de 1 (um) ano: 1 ponto

Acima de 3 (trs) anos: 3 pontos

7.5.1.2 Curso tcnico em reas afins, com carga horria igual ou superior a 90 horas, sendo: 01 pontos por curso, chegando a mximo de 03 pontos;

7.5.1.3 Curso de Conhecimentos sobre o Mtodo APAC, com Certificado emitido pela FBAC, TJMG ou APAC filiada FBAC sendo:

1 curso: 1 ponto

2 cursos : 2 pontos

3 ou mais cursos: 4 pontos

7.5.2 Avaliao Psicolgica realizados na sede da APAC - (60 pontos);

7.5.3 Entrevistas com membros da Comisso de Seleo e com o Presidente da APAC (15 pontos cada entrevista, totalizando 30 pontos) - Versaro sobre conhecimento da rea especfica do processo seletivo, questes relativas ao currculo e postura profissional, social e humana.

8. RESULTADO FINAL DA SELEO:

8.1 A classificao ser definida mediante o somatrio dos pontos obtidos, sendo o 1 classificado o candidato que obtiver o maior nmero de pontos.

8.2 Em caso de empate no resultado final, sero utilizados os seguintes critrios para desempate, obedecendo a seguinte ordem:

  1. Possuir idade mais elevada, na forma do disposto no pargrafo nico do artigo 27 da Lei n 10.741/2003 (Estatuto do Idoso);
  2. Maior pontuao na entrevista;
  3. Maior tempo de experincia comprovada na rea especfica ou em rea semelhante, conforme currculum vitae apresentado.

9. VALIDADE DO PROCESSO SELETIVO:

9.1 O processo seletivo ter validade de 06 (seis) meses, contados a partir do resultado final da seleo.

10. DOS RECURSOS:

10

10.1 Decair do direito de impugnar os termos do presente edital perante a APAC, quem no o fizer at o segundo dia til que anteceder o ltimo dia da inscrio, em relao s falhas ou irregularidades que o viciaram;

10.2 Os recursos quanto ao julgamento da seleo devero ser interpostos at 02 (dois) dias teis, contados da data da divulgao do resultado, sob pena de precluso;

10.3 Os recursos devero ser interpostos mediante petio devidamente arrazoada e subscrita pelo representante legal;

10.4 No sero reconhecidos os recursos intempestivos e no sero acolhidos os apresentados em fac-smile.

11. DISPOSIES FINAIS:

11

11.1 vedada a participao no edital de empregados da APAC que percebam remunerao superior a estabelecida neste Edital; bem como a de ex-empregados da APAC no prazo de 90 (noventa) dias do fim do vnculo empregatcio com a Entidade, conforme Portaria 384/92 do MTE;

11.2 Os casos omissos sero resolvidos pela Comisso Organizadora do Processo Seletivo juntamente com o presidente da Entidade.

Itana, 14 de Junho de 2013.

Ktia Regina Dias

Presidente da APAC de Itana

Associao de Proteo e Assistencia aos condenados

   

Horto

A APAC de Itana esta elaborando um projeto juntamente com a biloga Caroline Silveira e Silva (CRBio 37039/04) para implantao do viveiro de mudas, denominado horto.

O projeto comeou a ser realizado em setembro de 2012, com a construo do barraco de servios gerais e plataforma de produo.

Conter tambm uma estufa com sementeiras, um barraco de climatizao e plataforma de produo.

O intuito deste projeto desenolver atividades para os recuperandos, evitando assim o cio, profissionalizando e gerando renda.

Todo o trabalho ser realizado pelos prprios recuperandos.

Insta salientar que hoje o horto consta com cerca de mil mudas de sanso do campo e produzir mudas nativas, ornamentais, frutiferas e exticas para venda.

Para mais informaes ou adquirir mudas, ligue (37)3243-1737.

   

Delegao alem visita APACs em Minas Gerais

Uma delegao da Alemanha esteve no Brasil para conhecer o Mtodo APAC. A comitiva composta por Helmuth Kury, criminologista em Freiburg, Olaf Heischel, advogado e presidente do Instituto de Conselhos Consultivos para as Prises em Berlim, Jan Oelbermann, advogado e membro do Instituto de Conselhos Consultivos para Estabelecimentos Prisionais Juvenis em Berlim, Mathias Barthel, lder do movimento cristo "Juntos por Nuremberg", Alexander Castell, diretor da Alpha (iniciativa crist que trabalha a nvel nacional) Renate Bittner, auxiliar de livramento condicional, Ingrid Trischler, assistente social, Conny Schollkopf, Franka Gumbert, Jennifer Gumbert, Roselinde Buhl e Angelika Lang, membros da Set-Free. No dia 27/05 os visitantes conheceram as instalaes das unidades das APACs masculina e feminina de Itana e da sede da FBAC. No dia seguinte, lhes foi ministrada uma palestra pelo diretor executivo da FBAC, Valdeci Ferreira, sobre o incio da APAC em So Jos dos Campos/SP, seu envolvimento com a causa, o comeo em Itana, a expanso do Mtodo em Minas Gerais, no Brasil e no mundo, alm de um curso intensivo sobre o Mtodo APAC. Na quarta feira (29), se reuniram com o juiz da comarca Paulo Antnio de Carvalho, partindo, logo aps, para uma visita APAC de Lagoa da Prata.

Os visitantes ficaram extremamente tocados pelo que viram e voltam com a certeza de que a APAC uma alternativa vivel para a Europa, com as devidas adaptaes realidade daquele continente. "O que mais me impressionou foi o relacionamento e a proximidade entre recuperandos, funcionrios e voluntrios; praticamente impossvel saber quem quem. A APAC uma grande idia que se concretizou", disse Alexander Castell.

   

NOVO VDEO

   

Parceiros